As demandas diárias do gerenciamento de produtos dificultam planejar a estrategia do produto. Mas se estamos preocupados apenas com o que está à nossa frente, estamos fazendo um desserviço a nossos empregadores e clientes. Dedicar tempo ao planejamento de longo prazo, análise competitiva e avaliação de novas tecnologias e oportunidades simplesmente não vai acontecer se não fizermos um esforço para isso.

Mas como podemos encontrar tempo para planejar a estrategia do produto durante as dezenas de reuniões e tarefas igualmente importantes no dia a dia do time de produtos? Isso não ocorre espontaneamente, portanto, os times de produtos devem priorizar a definição estrategica para garantir que ela não seja constanemente ignorada.

Portanto, se você estiver com dificuldades para encontrar tempo ou convencer colegas de trabalho de que o pensamento estratégico é digno de um espaço no calendário, aqui estão cinco dicas para que isso aconteça regularmente e para garantir que as sessões maximizem seu potencial.

5 dicas para encontrar tempo para a estratégia do produto

1. Faça do pensamento estratégico um esforço do grupo

Exilar-se como um eremita, se deburaçando sobre um grande plano e depois revelá-lo para receber as ovações, pode ser uma fantasia para alguns gerentes de produto. O mais provável é o resultado de uma visão de mundo míope que será criticada e desconstruida uma vez que for revelada a um público mais amplo. Em vez de esperar até que você termine para receber os feedbacks do restante do time, tente envolvê-los em todas as etapas do processo. Lembre: é o time de produto que criar o roadmap, e não o gerente.

Programe sessões de estratégia com colegas, executivos e colegas de outros departamentos. Isso lhe dará um espectro muito mais amplo de idéias e perspectivas, além de validação para suas próprias hipóteses. Quando o produto final estiver finalmente pronto, os participantes terão seu próprio “sentimento de dono”, pois contribuíram durante todo o processo. Mais importante, eles não serão pegos de surpresa – o que geralmente resulta em uma reação inicial negativa.

“Se você é realmente ambicioso, adicione um cliente e um especialista do setor. Trazer perspectivas externas é a melhor maneira de garantir que você não fique preso exclusivamente na sua ótica e que esse processo de planejamento não se torne apenas mais uma coisa a ser feita entre seus executivos seniores “, diz Robin Camarote, do Wheelhouse Group. “A maioria das pessoas tende a se comportar melhor quando tem uma pessoa externa na sala – facilitando a troca de idéias entre todos.

Se você é ambicioso, adicione um cliente e um especialista do setor a dinâmica

Robin Camarote

Mas não tente colocar todos na sala de uma só vez. Para que essas reuniões sejam eficientes e produtivas, ela deve ser feita com grupos menores, para que todos tenham a chance de contribuir, caso contrário, você passará o tempo todo pastoreando gatos e mantendo as pessoas no tópico.

Dica: Conheça o melhor framework de priorização para seu time.

2. Ficar em casa

Os escritórios podem estar cheios de energia inspiradora, colegas de trabalho brilhantes, café gratuito e mesas de sinuca, mas também estão cheios de distrações. Mesmo os melhores os melhores planejamentos podem ser facilmente inviabilizados por colegas faladores, “emergências” e interrupções do tipo “você tem um minuto”.

Quando você está tentando organizar suas idéias e mergulhar fundo em seus próprios pensamentos, até sua mesa pode ser um local ruim para manter sua linha de raciocinio e ser produtivo. Trabalhar em casa permite manter as distrações diárias afastadas e criar uma bolha de solidão. Além disso, se você normalmente precisa de muito tempo para voltar para casa, você vai adicionar mais uma ou duas horas de produtividade à sua programação.

Para otimizar sua imersão na estrategia, você não pode simplesmente trocar suas calças cáqui por moletom, sentar no sofá e esperar por inspiração. Você precisa fazer um planejamento e preparação para um dia ideal de reflexão profunda:

  1. Bloqueie sua agenda o dia inteiro;
  2. Coloque o telefone no mudo e cole-o em algum lugar distante;
  3. Desative as notificações no seu computador;
  4. Nem pense em verificar seu e-mail;
  5. Verifique se você está bem abastecido de alimentos ou se tem um plano alimentar predeterminado;
  6. Faça pausas para relaxar (como caminhar ou se exercitar) em vez de apenas olhar as redes sociais.

É claro que sua casa vem com seu próprio conjunto de distrações – “talvez eu faça uma pausa para lavar a louça, lavar uma roupa” – por isso, você também deva permanecer disciplinado. Tente criar um ambiente de trabalho livre de desordem que não atraia continuamente seus olhos para uma diversão doméstica.

Se você normalmente trabalha em casa, provavelmente achará mais produtivo ir para um local diferente e sem distrações. Bibliotecas públicas, cafeterias, co-works, são ótimas alaternativas – eles não exigem que você continue comprando café e comida pelo Wi-Fi gratuito e criam ambientes bastante silenciosos.

3. Brainstorming de equipae

Sessões de brainstorming não estruturadas podem desenterrar grandes idéias que, de outra forma, não teriam a chance de surgir – qualquer coisa permite que as pessoas exercitem sua criatividade à medida que a discussão acontece. (Conheça 5 fontes de idéias para seu roadmap)

Embora possa não produzir o melhor, deixar algumas dessas pepitas recém-descobertas “cozinhar” por um tempo pode levar a novas features, estratégias de entrada no mercado ou até produtos inteiros. O aspecto “livre de julgamento” de uma sessão de brainstorming também dá a algumas pessoas que são normalmente timidas, a oportunidade de compartilhar e contribuir.

Porém, para que essas sessões sejam mais eficazes, o idéal é que essas idéias já tenham sido geradas e preparadas com alguns dias de antecedencia pelos participantes com os objetivos e as restrições da sessão. Esperar que as pessoas sejam criativas sob demanda dificilmente produzirá muita qualidade, e muitas vezes, boas idéias surgerm quando estamos fazendo coisas completamente diferentes do que nos concentrando ativamente em algo.

Mas não é porque foram geradas tonelada de idéias no brainstorming, que isso significa que algo realmente precisa ser concretizado.

“Você não precisa escolher e seguir uma ideia apenas porque teve um brainstorm. Se o brainstorm não deu boas idéias, tudo bem ”, diz Corey Wainwright da HubSpot. “Não foi uma perda de tempo. Mas você desperdiçará seu tempo se seguir uma ideia que não vale a pena.”

No final das contas, sessões como essa ajudam a empoderar o time e despertar o sentimento de dono nas pessoas! É uma situação que você (como gerente de produto e líder do time) só tem a ganhar.

4. Faça suas intenções conhecidas por todos.

Querer dedicar tempo à estratégia e realmente fazê-lo são duas coisas diferentes. Ao transmitir para seu gerente e colegas de trabalho que essa será uma área de foco para você e agendar essas sessões de estratégia, você criou um novo nível de incentivo para seguir adiante.

Ao informar a todos sobre isso com antecedência, você passa a ser o responsável por liderar essa iniciativa, e precisa leva-la até o final para não parecer somente um falastrão. Embora um prazo auto-criado possa parecer um pouco doido, às vezes precisamos dessa pressão adicional para nos estender além da rotina diária.

Mas manter prazos auto-impostos para si mesmo (sem comunicar para seu timne) não é eficaz, porque a única pessoa que vai ser importar com isso, é você. “O prazo passa a não é real e o auto-engano é uma grande parte da procrastinação”, diz Timothy Pychyl, da Carleton University, e é por isso que criar pressão dos colegas altera a dinâmica.

Bonus: O professor Timothy gravou um video sobre como ajudar os estudantes a não procrastinar. Você pode assisti-lo (em ingles), no link abaixo:

Bonus 2: O canal Practical Psychology, criou um video animado do livro do professor Timothy Pychyl “Solving The Procrastination Puzzle”, que você pode ver abaixo:

5. Mude o ambiente

Você sabe o que não é um bom ambiente para se libertar do pensamento do dia a dia? O lugar onde sua equipe já passa todo o seu tempo! É por isso que parte do pensamento estratégico mais produtivo acontece fora do escritório.

Mudar para um ambiente diferente, muda completamente o clima do que você já esta acostumado: as salas de reuniões e mesas de cozinha comuns, onde você normalmente interage com seus colegas de trabalho. Embora você possa não ter orçamento ou tempo para viajar para um local diferente ou alugar um centro de conferências executivo externo, existem várias maneiras fáceis e baratas de transportar toda a equipe para um novo local por um dia ou dois de discussões e planejamento da estrategia do produto.

Reservar um espaço privado de um restaurante, alugar um espaço para reuniões em um coworking local, pedir emprestada a espaçosa sala de estar de um colega de trabalho são opções convenientes e baratas para levar as pessoas para um ambiente diferente livre de distrações.

“Se você acreditar que planejar a estrategia do produto é apenas para executivos seniores, pense novamente. A planejamento estrategico pode e deve acontecer em todos os níveis da organização; é uma daquelas partes implicitas de todos os cargo “, diz Nina Bowman, da Paravis Partners. “Ignore esse fato e você corre o risco de ser preterido em uma promoção ou ter seu orçamento cortado porque a contribuição estratégica do seu departamento não é clara”.

Conclusão: não planejar a estratégia do produto, não é estratégico

No dia a dia, planejar a estrategia do produto provavelmente não é muito importante – você está respondendo e-mails, conversando no Slack, atualizando o Jira. Você está ocupado, realizando tarefas, mantém conversas improvisadas, etc., e pode voltar para casa sabendo que teve um dia ocupado e (possivelmente) produtivo.

Mas se isso acontece todos os dias, você nunca vai trabalhar nas coisas muito importantes (e bem divertidas) – as grandes idéias, as inovações, aquelas que mudam o jogo, essas idéias – que fazem de você o “CEO do produto” e não apenas um empurrador de papel de nível médio. É importante saber o seu papel como gerente de produto e como você pode ter o maior impacto no seu time multidisciplinar.

97% dos líderes seniores dizem que ser estratégico é a coisa mais importante para o sucesso de sua organização; no entanto, 96% deles dizem que não têm tempo para o pensamento estratégico. Os gerentes de produto devem fazer com que isso aconteça, mesmo quando atrapalhar a entrega imediata ou incomodar seus colegas de trabalho.